COLUNA | Você tem um projeto de vida?

Foto divulgação

Para onde você está levando a sua vida? Pare neste momento por alguns segundos e reflita: você, por acaso, tem clareza do que você quer ser, ter, sentir, fazer? Qual é o sentido da sua vida? Todas estas e muitas outras questões dizem respeito ao seu projeto de vida.

Mas, o que é o projeto de vida?

É uma intenção estável e generalizada. O projeto de vida visa alcançar algo que é simultaneamente significativo para o seu eu e promove consequências no mundo além do seu eu, por isso, ele é fundamental para nós.

O projeto de vida é um tipo de objetivo, porém dispõe de longo alcance e é mais estável que os objetivos mais simples e comuns como “divertir-se esta noite”, além disso, ele pode auxiliar na procura pessoal de um sentido de vida que ultrapassa o aspecto pessoal. Ele comunica-se com o mundo além do eu. Isso envolve um desejo de empreender diferença no mundo, talvez de colaborar com algo para os outros, fazer algo novo ou produzir algo de sua autoria. O propósito desejado pode ser material ou imaterial, externo ou interno, realista ou puramente idealista.

Um projeto de vida verdadeiro faz parte da nossa preocupação central

Ele orienta as metas de curto prazo como “quero organizar meus arquivos”. Vale destacar, no entanto, que os objetivos de curto prazo e um projeto de vida maior, de longo prazo, não estão desagregados.

Em nossa sociedade, o trabalho é uma atividade central em que as pessoas encontram seu projeto de vida; e no trabalho, assim como em qualquer outra área, esse projeto incorpora energia, resiliência e realização a longo prazo. Refere-se a uma preocupação suprema. É a resposta à questão: “Por que? Por que está fazendo isso? Por que isso é importante para você, para os outros e para o mundo?

Um projeto de vida tem um sentido mais agudo para os objetivos e motivos imediatos que orientam a vida cotidiana. Uma pessoa, durante os anos, pode alterar os seus projetos, ou adquirir novos, no entanto eles, geralmente, duram o mínimo para que um compromisso sério seja estabelecido e algum processo na direção desse objetivo seja alcançado. Um propósito pode ajeitar uma vida inteira, conferindo-lhe não somente significado, como também inspiração e motivação para o aprendizado contínuo e a realização.

Um desejo de fazer diferença no mundo

Tem a ver com a realização de algo de sua autoria que possa contribuir para a sociedade. É um desejo de fazer a diferença no mundo. O professor William Damon, especialista no assunto, diz que “projeto de vida é uma intenção estável e generalizada de alcançar algo que é ao mesmo tempo significativo para o eu e gera consequências no mundo além do eu”.

O projeto de vida é nobre, quando tem abrangência social, beneficiando o próprio sujeito e aqueles à sua volta. Caso vise metas destrutivas, contra o benefício de alguns ou da sociedade pode ser considerado antissocial. Aparentemente, pessoas que buscam efetivar objetivos nobres são alegres, embora haja constantes dificuldades que enfrentam para realizá-los.

Senso de direção

As perspectivas de vida de uma pessoa no mundo atualmente estão longe de ser exatas. Logo, um senso de direção é imprescindível para não perder oportunidades e, assim, não dar lugar à confusão e ao retraimento. Manter-se descomprometido com carreira, família e com outras responsabilidades coletivas sérias é uma postura insustentável, que se transforma cada vez mais em um incômodo com o tempo, por isso encontrar um projeto de vida é muito importante, pois ele desperta o interesse por adquirir mais conhecimentos e habilidades que ajuda realizar os seus desejos.

Por que um projeto de vida é importante?

Uma resposta possível para esta pergunta é que um projeto de vida claro é primordial para o êxito da felicidade e do sucesso. Uma pessoa sem projetos é como “um navio sem leme”, como gosta de dizer o professor Damon. Um projeto de vida nos oferece tanto energia quanto resiliência. Os portadores de um projeto de vida nobre enxergam o mundo por meio de uma lente otimista, enxergam a si próprios como extremamente eficazes. Estão propensos a tomar o fracasso como uma oportunidade de aprendizado e estão certos de que bons resultados podem ser seguidos de obstáculos passageiros.

Pessoas com projetos não pensam nelas somente, ao invés disso, tornam-se encantadas pelo trabalho ou pelo problema que tem em mãos. Enquanto mobilizam sua capacidade física e mental para atingir a uma solução, podem desvendar aptidões que em momento algum cogitaram ter: talentos não esperados, habilidades novas, fontes de energia não reconhecida.

O projeto de vida é uma direção essencial para o sujeito encontrar sua felicidade, além de fazer movimentar sua vida para algum lugar importante e fazer a diferença na sua comunidade. Ele é fundamental para progredir.

Você tem vontade de conversar mais sobre esse assunto? Então, faça parte da comunidade “Meu Projeto de Vida” no facebook, acesse o link:

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe uma resposta

Para Você

Posts Relacionados

MATÉRIA | SÉRIE: “A arte do absurdo” #01

No atual cenário, a performance artística já se tornou uma experiência sensorial tão necessária quanto o DJ ou o ambiente. Com uma série de matérias, iremos explorar as lutas diárias desses artistas independentes, abordando a arte (seja performance, dança, teatro

NOVIDADE| Vila SAN será inaugurada no próximo dia 21

Espaço na Pirâmide do Rio Vermelho será nova opção de entretenimento Previous Next Com a inovação como uma das ferramentas do sucesso dos seus projetos, os empresários José Augusto Vasconcelos e André Gagliano deram uma repaginada na pirâmide do Rio

COLUNA | AUDIOVISUAL, ARTE PSICODÉLICA E LIVE STREAMING:

Como as raves tem sobrevivido ao distanciamento social Trabalho em digital art feito por Felipe Underraga, aka Gesh, para o Festival Ojos del Cielo, evento virtual de live streaming em homenagem a Munsmawa Chiumampi. As raves sempre foram relacionadas a

COLUNA | IDENTIDADE DE GÊNERO COMO DIREITO FUNDAMENTAL

A dignidade é um atributo humano, intrínseco e distintivo, previsto na Constituição Federal de 1988[1], tendo como seu princípio absoluto a obrigação estatal em garanti-la, por ser o Brasil um Estado Democrático. Trata-se de um complexo de direitos e deveres

COLUNA |A SEXUALIDADE POSTA EM CHEQUE

Todos sabemos que as pessoas têm conhecimento sobre temas como a sexualidade cada vez mais, fato que podemos perceber pela quantidade de pessoas que se questionam diariamente sobre o que lhes atrai. O que poucos se questionam é sobre a

%d blogueiros gostam disto: