COLUNA | Drag Queen X Sustentabilidade

Uma imagem contendo pessoa, em pé, foto, grupo Descrição gerada automaticamente



Ser Drag Queen é ser inovadora, atual, é estar na moda, é ditar tendência…

As mídias sociais e o meio onde estamos inseridas exigem que tenhamos sempre um figurino novo, uma lace (peruca) nova, muitas maquiagens, sapatos etc.

Então, chega um momento que acumula muitas coisas e algumas são usadas pouquíssimas vezes, fazendo parte de um arsenal de quinquilharias e, mesmo assim, tendo, na teoria, que continuar consumindo para alimentar o “Drag Business“.

Eu me vi numa situação insustentável, tanto financeiramente, quanto nas questões que envolvem a sustentabilidade, me obrigando a repensar esse formato de trabalho e a solução que eu encontrei foi : coloque o prefixo RE na frente de algumas palavras e pronto!

Reinventar / REcriar – pegue algo que já exista e dê uma nova forma.

REutilizar – tudo que temos pode ser usado várias vezes e cada uma delas de forma diferenciada das vezes anteriores.

REpensar – é necessário que estejamos “aptes” a mudar os padrões impostos e quebrar algumas barreiras, manas!

Obviamente, deve-se colocar essas palavras em prática.

Por exemplo, um batom pode virar blush ou mesmo uma sombra .
Uma peruca pode ganhar uma nova cor, penteado ou corte.
Uma roupa pode ser desmontada e utilizada como composição para um outro figurino mais moderno.
Um sapato mais antigo pode ser base para algo mais sofisticado com correntes e/ou pedrarias.

Então, é necessário que tenhamos senso crítico pra fazer dessa carreira algo que possamos de fato sustentar e assim, sermos veículos de informação e referência.

Seu bolso e o meio ambiente agradecem!

Beijos da Diva!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: