COLUNA | Um Inferno Bíblico Real chamado Brasil

A foto da capa está linda, né? Ela infelizmente não condiz com meu estado emocional. Na madrugada do dia 24 de Junho de 2021, uma travesty foi incinerada em Recife.

Eu escrevo isso e (infelizmente) me soa como comum contar tragédias das existências similares a minha, contudo é algo que afeta o meu âmago mais profundo mesmos. 

O pior de tudo é: ela tem quarenta anos de idade. Teve quarenta por cento de seu corpo queimado. Uma coincidência trágica. E agora eu pergunto a você, leitor: Por que? Para que? Para quem? Por quem? 

Por que atear fogo numa pessoa? Seja ela mesma, por exemplo, amante e atualmente peça de um jogo de traição? 

Para que atear fogo numa pessoa? Para que a traição se dissolva no fogo? Para que a pessoa amada sua não a mais buscasse? 

Para quem atear o fogo? Em nome do relacionamento, do casamento, da união estável, do sistema?

Por quem atear o fogo? Por sua amada (o/e) que escolheu te trair? Por si?

Os motivos e respostas podem ser infindos, entretanto, ao meu ver NADA convém uma atitude desumanizada dessa, muito menos quando se tratam de existências transgêneras. Existências essas que transcendem tais valores e motivos pequenos e, digo também, BESTAS que possam ter sido suficientes na cabeça de um ADOLESCENTE para que o mesmo ateasse fogo numa travesty.

A culpa não é APENAS do adolescente, mas desse sistema que o ensinou via internet, via vivências e experiências mal interpretadas ou lidadas, via falta de educação própria, via uma manutenção de um desgoverno patológico o qual vivemos atualmente.

Sendo bem honesta, existências como a minha são naturalmente rechaçadas e menosprezadas, às vezes, a ponto de nossa morte até soar benéfica para alguns “seres humanos“. Existe uma energia, um conjunto de tecnologias legais, sociais (não oficialmente institucionalizadas) que rondam quaisquer existências dissidentes nesse país chamado Brasil, na qual o desconforto e usurpação da própria vida se tornam comuns devido a esse Cistema com cê (de cisgênero).

Não há leis e fatos policiais que comprovem a eficácia desse Cistema, e mesmo se tivessem o resultado seria igual: travestys queimadas, perfuradas, violadas, estupradas, violentadas, abusadas, mutiladas, desonradas, desrespeitadas, desumanizadas.

O que me dói no âmago mesmo é a falta de humanidade que normalmente provém de uma falta de representatividade: essa pessoa não se parece comigo, não age como eu, então ela não merece viver, ou mesmo continuar viva“. É basicamente essa política que nos é dada, aplicada, institucionalizada não-oficialmente todos os dias no que chamo de inferno bíblico real, o Brasil.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Um comentário em “COLUNA | Um Inferno Bíblico Real chamado Brasil

  1. Parabéns pelo texto. Nada a tirar ou acrescentar, diz tudo sobre a realidade do inverno bíblico chamado Brasil👏👏👏

Deixe uma resposta

Para Você

Posts Relacionados

NOVIDADES | Vintage Culture conquista feito inédito ao emplacar TOP 1 e TOP 2 no ranking de músicas mais vendidas do mundo pelo Beatport

Lukas Ruiz aka Vintage Culture é o primeiro brasileiro da história a conseguir uma dobradinha na maior plataforma de vendas de música eletrônica do mundo, o Beatport, com duas músicas entre as dez mais vendidas do site: o remix “Drinkee”, com John Summit e Sofi Tukker, ficou responsável

COLUNA | Diversidade e inclusão em políticas públicas

Vou dedicar a coluna de hoje para abordar duas ideias em destaque atualmente: a diversidade e a inclusão social. Vale dizer que apesar disso, não é de agora que fazem parte da atenção de profissionais dos inúmeros setores da sociedade

DESTAQUE | DJ Bruno X: Amor pela música, Stream e Hip Hop

Neste mês a Colors DJ Magazine tem como destaque o DJ Bruno X e o Hip Hop.  Bruno dos Santos Caetano, conhecido como DJ Bruno X, nasceu e foi criado na Baixada Fluminense-RJ, mais precisamente no bairro de Morro Agudo.

NOVIDADE | “STARLIGHT” SERÁ O CONCERTO DE YOLA PARA CELEBRAR O ELOGIADÍSSIMO ÁLBUM “STAND FOR MYSELF”

“STARLIGHT”, CONCERTO PARA A CELEBRAÇÃO DO LANÇAMENTO DO ÁLBUM DE YOLA, SERÁ TRANSMITIDO MUNDIALMENTE NA QUARTA-FEIRA 4-5 DE AGOSTO. INGRESSOS JÁ ESTÃO À VENDA https://www.momenthouse.com/yola “‘Stand for Myself’, um álbum feito de forma muito original” – The New York Times

LANÇAMENTO | S.ONE lança “The Wind that Speaks to Me” pela Dear Deer

EP tem remix de Binaryh e OIBAF&WALLEN  A DJ e produtora ucraniana S.ONE retorna a uma de suas gravadoras favoritas, a Dear Deer, com um belíssimo EP de duas faixas originais e mais dois remixes incríveis. “The Wind That Speaks

deixe sua opnião

Sugestão de pauta, opinião sobre nossos textos, envio de lançamentos, ...

%d blogueiros gostam disto: