Rafael Tudesco

LANÇAMENTO | O PRODUTOR 3RDW CONTA COM AS COLABORAÇÕES DE RAMONZIN, LOS AFRICANOS E DANIEL YORUBA NO LANÇAMENTO DE “AHUE”, QUE É DISPONIBILIZADA. ASSISTA TAMBÉM AO CLIPE

Músico, engenheiro de som, produtor musical, A&R e curador são apenas alguns dos possíveis títulos para definir Rafael Tudesco, o brasileiro de Porto Alegre que se mudou para Los Angeles e viajou o mundo inteiro fazendo música. No currículo, Rafa coleciona colaborações e participações no trabalho de artistas como Alice in Chains, Akon, Lil Wayne, Rita Ora e muitos outros.

Rafa agora se prepara para lançar 3RDW, um projeto inovador que pretende mostrar ao mundo a música que vem sendo feita por artistas de terceiro mundo. Desde 2017 contratado pela Universal Music como produtor e A&R, Rafael pode se conectar ainda mais a novos artistas, tendo sido responsável pelo desenvolvimento da carreira de vários deles. Ao longo desse período, o projeto 3RDW ganhou corpo e agora o músico está pronto para apresentar ao mundo seu primeiro lançamento.

O primeiro single do projeto, “Ahue”, tem estreia em todas as plataformas digitais. Ouça e baixe aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/AhuePR . Sobre o nome da faixa, o artista Big, integrante do duo Dois Africanos, explica o significado da expressão em Mina, uma língua originária da África. “A aldeia, o interior são para nós o que as raízes são para as árvores. Você vê a árvore, ela está bonita, de pé e gigante como vemos, por causa das raízes. Então, para nós, algumas vezes sair da cidade grande e voltar para o interior, é uma maneira de ir se recarregar. Esse negócio é tão forte que em 2018, quando eu fui para o Benin, eu voltei para o Brasil e era outro resultado no meu trabalho. Era como se estivesse faltando algo, eu precisava me reconectar. Sobretudo, como a gente é muito da natureza, da crença de certas coisas, a raiz é muito forte para a gente. Para mim, a minha raiz é de onde vem o meu sangue. Ahue é o lugar ao qual você pertence”.

Tudesco expandiu sua conexão com a cultura africana quando trabalhou em um selo que se dedicava a lançar exclusivamente música tradicional do oeste africano. Por meio de uma parceria com a empresa KSK Records, Rafa foi até Mali, na África, onde trabalhou na produção do documentário “Music in Mali”. Enquanto estava lá, ele colaborou com artistas como Bassekou Kuyate, que foi vencedor do Grammy®, além de outros nomes lendários, incluindo Khaira Arby, Toumani Diabate, Sekou Maiga, Super Djata Band, Sibiri Samake e outros. Durante a viagem, o artista entrou em contato com uma explosão de sonoridades e experimentou um intercâmbio cultural com artistas de vários países do continente, como Zimbábue e África do Sul. Rafa percebeu o paralelo estético que havia entre o que estava sendo feito lá e o que acontecia simultaneamente no mercado da música brasileira.

A música chega acompanhada de um clipe, dirigido por Mailson Soares (Cave Films). Sobre o vídeo, o artista conta: “Essa faixa conta um pouco sobre como a própria música te leva de volta pra casa. Tem uma história curiosa… O diretor do clipe, que é meu amigo há muito tempo e mora nos Estados Unidos, já não vinha ao Brasil há alguns anos. A filmagem desse clipe foi justamente uma volta pra casa dele. Foi muito legal porque a gente conseguiu fazer com que ele viesse pro Brasil e colocamos todos juntos (a família, os amigos…) pra fazer esse vídeo. Eu acho que ele representa um pouco dessa história

COMPARTILHE :

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

deixe sua opnião

Sugestão de pauta, opinião sobre nossos textos, envio de lançamentos, ...

%d blogueiros gostam disto: