lasbibas

LANÇAMENTO | Las Bibas From Vizcaya

EUROPA EM PESO: TODAS AS TRANS FINÍSSIMAS

O álbum-manifesto “EUROPA EM PESO TODAS AS TRANS FINÍSSIMAS” é muito mais do que uma coletânea de hits-meme da internet. Ele conta uma estória de alegria e de tristeza vivida por travestis e transgêneros que lutam diariamente apenas pelo direito de existir. 

O processo criativo do disco iniciou mesmo há muito tempo, depois da DJ Drag Las Bibas From Vizcaya fazer uma música com o meme da transgênero Luiza Marilac (meme da piscina), e posteriormente remixes de Raphaela Salim, Vanessão, Laila Dominique (falecida) e da Bixa Muda. No final do ano passado (2020), Las Bibas contou que estava viciada na história de “Buonasera”, e fez o remix da Suzzety, do “Não se dorme na Europa”, dando o start no projeto do álbum com 12 faixas, 12 estórias e com muitas trans e travestis.

“Como já tinha feito dois remixes, resolvi fazer um álbum, e comecei a fazer um resgate dos memes e das trans que já ficaram famosas na internet por conta de algum vídeo. Da Luiza e da Rafaela Salim são diferentes do que eu já tinha lançado no passado”, completou Las Bibas. 

Os memes que eram famosos, mas bem pequenos, a DJ usou como sample (Travesti não é bagunça, Deborah do Ezatamentchy…). A maioria foram feitas músicas completas, como: “Buonasera” , “Não de dorme na Europa”, “Bota o pé na Europa”, R Palladino, Luiza Marilac, Raphaela Salim, Verônica, “pois a maioria tinha uma quantidade de informações ou de versos que davam para criar uma música, com a preocupação de contar uma estória da primeira até a última música”, completou a Drag. 

Las Bibas fala um pouco também do foco que queria dar neste projeto, “eventualmente algumas ficaram de fora, pois não dava pra abraçar todas, por exemplo, a Leona eu evitei, pois na época ela era uma criança e eu não quis trazer esse universo.”

O projeto gráfico da capa foi assinado pelo artista plástico Recifense Adelmo Lins (@ademo.lins). Ele trabalha com colagens e fez uma capa de um retrato do mundo das trans e travestis, com viagens, glamour, países, a Dandara, batons… Tudo relacionado a esse universo.

O álbum em si, apesar de toda a alegria que ele expressa, tem um manifesto por trás, uma reivindicação, que por terem sido empurradas para as ruas, mesmo assim conseguiram levar alegria através dos memes que foram criados por diversas situações do cotidiano “normal” desse universo. 

50% da sua arrecadação, com vendas e streamings, serão destinados a ONG INSTITUTO TRANSVIVER. “Eu resolvi doar metade dos lucros do álbum para uma ONG de Recife, que ajudam as Trans e Travestis nessas situações de vulnerabilidade. Vamos fazer uma prestação de contas uma vez por ano, e vou publicar isso, pois quero tudo muito transparente. Já que nenhuma das trans tiveram cachês. Eu entrei em contato, pedi autorização e expliquei a história, e funcionou assim… Eu ainda me deixei à disposição para criar uma versão especial para elas usarem em shows, como bônus…”, finalizou a Artista.

Confira agora, e nos diga, qual hit-meme ficou faltando nesse álbum? 

https://smarturl.it/europaempesoalbum

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
%d blogueiros gostam disto: