capa_diego_santander_feed

MATÉRIA | A arte de produzir, aulas

Foto de divulgação.

Buscando suprir suas próprias necessidades para aprender a produzir com sua identidade, Diego Santander criou um método único que vem fazendo muito sucesso.

Com 33 anos de idade, casado, livre de preconceitos e rótulos, Diego Santander construiu uma carreira sólida de mais de 12 anos atuando como Ghost Producer com suportes nacionais e internacionais de renomados DJs, além de tocar em casas noturnas super respeitadas como Flex e Blue Space.

Em 2002 foi apresentado a Música eletrônica pelo DJ Hebert Tonn, quando passou a frequentar as noites de sábado do Club Puerto Livre e as matinês da Blue Space. Mas foi quando ouviu pela primeira vez uma música produzida por Patrick Sandim, seu amigo e ídolo, que percebeu que queria que a música tocasse as pessoas da mesma maneira que o havia tocado.

“Se hoje sou produtor, foi graças ao DJ Hebert Tonn e ao Patrick Sandim, grandes nomes da cena nacional que sempre me inspiraram direta ou indiretamente”. Diego Santander.

Começou a consumir todo o conteúdo disponível na época, que claro, era muito diferente do que temos hoje. O YouTube não tinha quase nada e ainda era mais difícil encontrar algo voltado para o Tribal House. No máximo encontrava Tribal Tech. Iniciou as produções pelo programa Dance eJay, FL Studio e o Reason, e naquela época salvava tudo em CD e disquete!

Somente depois de apanhar muito dos programas resolveu fazer seu primeiro curso na Cubase. Mesmo assim, ainda não conseguia chegar no resultado que queria, então investiu em cursos de mixagem, masterização, teoria musical tonal e modal, arranjo, uma série de cursos que pareciam não ter fim. Mas somente depois de 18 cursos e muito investimento financeiro, conseguia entender o que a música precisava e se expressar musicalmente.

“Tive que passar por cursos particulares, cursos online e em escolas renomadas para conseguir chegar realmente em uma sonoridade que me agradava, porém, em todos os cursos que fiz, nenhum era voltado ao Tribal House. Não tinha nenhum conteúdo em português e isso realmente era algo muito negativo”, disse Diego.

Até 2014 a música ainda era uma atividade paralela e depois do convite de um amigo para ensinar produção e após muitos cálculos e estudos sobre o investimento financeiro, Diego e sua esposa decidiram que ele se dedicaria 100% à música. Tudo começou com um amigo, que falou para outro, e para outro que residia em outro estado, mas como ficava inviável viajar para outros lugares, surgiu a ideia do curso online. Devido às questões de segurança digital e legal, foram mais dois anos de planejamento. Assim começou a surgir a Santander Music Academy.

Logo Santander Music Academy.

O curso online vem com a vantagem do aluno poder assistir às aulas quando, onde e quantas vezes quiser, porém, conta com um ponto negativo, a falta da presença do professor para tirar as dúvidas. Pensando nisso, Diego criou um grupo de comunicação dos alunos diretamente com ele: a qualquer hora que o aluno tiver dúvida, pode enviar uma mensagem por e-mail, vídeo por WhatsApp ou deixar uma mensagem na própria plataforma do curso. O curso de produção musical da SMA é voltado ao tribal house, porém, com o conhecimento do curso o aluno pode produzir qualquer estilo que queira. “Todos os cursos que fiz até hoje, sempre o professor mostra como ele cria, logo você tem que seguir aquele caminho para chegar no resultado, pensando nisso, o curso de produção da SMA não cria seguidores de fórmulas e sim, mostra diversos caminhos diferentes para se alcançar o mesmo resultado”, comenta o deejay.

Essa metodologia oferece um poder de liberdade de expressão musical ao aluno, que passa a pensar fora do convencional para atingir o resultado que quer.

O curso é fragmentado em 20 módulos que passa desde, como fazer o download do programa de produção, passando por todas as etapas da criação de uma música sem precisar usar partes prontas, como MIDI, loops ou kit constructions que estão disponíveis pela internet, pois o intuito real do curso é formar um criador de música e não um montador de peças. Com isso o aluno passa por aulas de criação de bases (sem loops), teoria musical, mixagem, masterização, marketing para DJs, design, mercado para Ghost Producers, desenvolvimento de sound design, mercado de games, lançamento da música, registro da música, enfim, todos os aspectos para que ele seja 100% independente na produção desde o primeiro passo até o mais avançado.

“O maior diferencial da SMA sem sombra de dúvidas não é somente o conteúdo, e sim, o acompanhamento ombro a ombro com os alunos.” – Diego Santander.

Fotos de divulgação.

Hoje a SMA tem alunos brasileiros de quase todos os Estados, e de outros países, como Colômbia, Panamá, Espanha e Inglaterra. No próximo ano Diego pretende lançar um curso de produção musical no Logic e um curso em Espanhol.

Para o aluno se matricular, basta acessar o site http://www.santandermusic.com.br que ele vai encontrar 3 cursos: Curso de Mashup, Edits, Bootleg, Setmix, um curso voltado para quem quer iniciar no produção musical e Curso Completo de produção musical.

A SMA nasceu da dificuldade que Diego encontrava quando estudou produção musical e hoje é uma das maiores escolas de produção musical para tribal house, conhecida nacional e internacionalmente. “Mudei radicalmente de vida, e hoje sou muito feliz com o que faço e sigo estudando para trazer mais conhecimento para todos os alunos”, finaliza D.S.

Siga o trabalho de Diego Santander e da Santander Music Acadamy nas redes:

www.santandermusic.com.br

Instagram

Facebook

Soundcloud

COMPARTILHE :

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

deixe sua opnião

Sugestão de pauta, opinião sobre nossos textos, envio de lançamentos, ...

%d blogueiros gostam disto: