LANÇAMENTO | Daniel Peixoto lança uma nova versão de “Freed From Desire”

O artista multifacetado Daniel Peixoto arrasou na última sexta-feira (11) lançando seu novo trabalho “Freed From Desire”, que é uma releitura da original lançada pela cantora italiana Gala, lá no efervescente ano de 1996. A música foi sucesso no mundo todo e acabou virando um super hit, atingindo a posição de número 1 em charts de diversos países da Europa, como: Bélgica, França e Reino Unido, tocando também em rádios e pistas de dança de todo o Brasil. Um clássico da eletrônica mundial!

Revisitando canções do passado em sua atual pesquisa, Daniel homenageia Gala com uma versão tropical do seu hit, trazendo a EDM dos anos 1990 para a atmosfera brasileira.

A nova versão é assinada pelo DJ Chernobyl, da cultuada banda gaúcha Comunidade Nin Jitsu, um dos nomes responsáveis pelo sucesso do funk e brazilian bass no mercado internacional, com faixas co-assinadas por Diplo, Daniel Huskmann e Bonde do Rolê. No single, ele mistura a pegada electropop com elementos tipicamente brasileiros, como a guitarrada e lambada.

“Freed From Desire” chegou ao streaming após Daniel lançar os singles “Postal de Amor”, parceria com Filipe Catto; e “La Isla Bonita”, com Getúlio Abelha. Juntas, elas já ultrapassam mais de meio milhão de streamings nas plataformas online.

Batemos um papo rápido e colorido sobre este novo trabalho do artista, e você confere agora:

Conta pra gente um pouco do processo criativo deste projeto.

Depois de quase 10 anos sem trabalhar em músicas inéditas com o DJ Chernobyl, eu o convidei pra trabalhar em novas canções durante a pandemia. Trabalhamos a distância mas de uma forma muito presente. Cherno produziu parte do meu disco solo de estreia “Mastigando Humanos”, com ele fiz algumas das minhas músicas favoritas como “Flei”, “Shine” e “Praia do Futuro”. Recomeçamos essa parceria com “La Isla Bonita” cover da Madonna com feat do Getulio Abelha, no embalo do sucesso dela nas plataformas de streaming e a validação da imprensa pegamos o embalo e seguimos trabalhando, além desse lançamento atual tem outras faixas por vir.

Teve alguma equipe envolvida nesse projeto?

Nessa música trabalhamos somente eu e Chernobyl, mas estou produzindo também com outros artistas. Esse ano lancei “Postal de Amor” com Filipe Catto, produzida por Rodrigo Brandão e Carlos Gadelha, ambos músicos da minha banda e parceiros de lonnnga data.

Mas existem músicas inéditas assinadas por Vidalles, novo talento da cena queer de São Paulo, inclusive lançamos uma faixa no halloween “Louco é poço”. Também existem músicas com DJ Monic e com o Alahin, produtor de Fortaleza com quem nunca havia trabalhado e estou muito empolgado com as nossas músicas que estão no forno.

O que os seus fãs e leitores da revista podem esperar deste trabalho seu.

Esse projeto que eu chamo carinhosamente de “DP” começou no ano passado com o lançamento do video clipe de “Colégio de Aplicação”, depois lancei o álbum “Mastigando Humanos Remixes”, que venceu o prêmio Dynamite como melhor álbum de música eletrônica do ano. “O Vira” cover dos Secos e Molhados e os lançamentos esse ano, “Postal de Amor, “La Isla Bonita” e agora “Freed From Desire” da maravilhosa cantora italiana Gala, ícone da dance music! A ideia é desconectar as pessoas que curtem o que eu faço desse momento tão pesado pelo qual o mundo atravessa, tudo tem essa cara de música de versão e drinks hahaha. Já tenho muita coisa pronta, devo lançar algumas como single e depois compilar esse material lançado com músicas inéditas num álbum, mas isso ainda é segredo por enquanto! Não quero prometer nada, prefiro entregar tudo quando estiver na hora!

SPOTIFY

Confira agora o seu novo single “Freed From Desire:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: