REVELAÇÃO | Superação e dedicação nos 3 anos de carreira de Léo Monteiro

Sabemos o quanto tem sido difícil para todos os profissionais do setor de eventos esse ano sem festas, sobretudo, algo que esse período não pode apagar é a trajetória e história que cada um carrega consigo.

Neste mês de abril, o DJ carioca Léo Monteiro, de 29 anos, completa 3 anos de carreira muito bem vividos e trabalhados na cena Open Format.

Vocês já devem tê-lo visto em cima dos palcos, se identificado através de seu som e energia transmitida pelo seu trabalho impecável, mas hoje vocês conhecerão também a história de superação e dedicação desse profissional.

 Leonardo viveu por muitos anos no estado de Minas Gerais e diz que a música o tirou de um momento turbulento que quase culminou em uma depressão: “para sair daquela “tempestade” resolvi realizar um sonho de adolescente, nessa época eu não tinha ideia de como começar, então procurei um colega para me ensinar algumas coisas, a gente ficava horas conversando, ele me explicando as coisas e eu mexendo no Virtual DJ”.

 Além disso, o DJ que começou em 2018, diz ter estudado muito através de vídeos na internet e conteúdos online “Nessa época eu não tinha condições de fazer um curso, era o único jeito que eu tinha de aprender”. Dia após dia, pesquisando sobre a arte, toda informação que absorvia era ouro. Sendo assim, Léo dedicou seu tempo ao estudo de mixagens e pesquisas musicais para poder criar seus sets de forma que agradasse não só a ele, mas principalmente o público.

Léo Monteiro - Crédito foto: Lucas Santana

O que todo artista espera é reconhecimento por todo trabalho e dedicação que se propõem a fazer. Sabe-se que é um caminho difícil e árduo, mas Léo conta como ficou conhecido e teve seu primeiro impulsionamento na carreira “quando eu tive uma base da mixagem, resolvi fazer um set que foi muito reproduzido na época, todos os meus amigos repostaram em suas redes sociais, elogiaram e inclusive este mesmo set foi muito reproduzido em outros países. Esse retorno positivo foi fundamental para meu desenvolvimento profissional”. Além da boa repercussão de seu set, Leonardo contou também com o apoio de dois produtores importantes do Rio de Janeiro, Afonso Feijó e Felipe Cerqueira.

 Apesar de morar atualmente no Rio de Janeiro, Léo viaja pelo sudeste do país fazendo shows. Já esteve incansáveis vezes nos estados de São Paulo e Minas Gerais. Ele contou que antes mesmo da pandemia recebeu um convite para tocar em Nova Iorque, mas que devido ao momento que estamos vivendo teve que ser adiada essa estreia nas boates norte-americanas.

Léo Monteiro - Crédito foto: Clara Almeida

Como toda a profissão, no meio artístico também tem seus prós e contras. Apesar de ter sido acolhido por muitas pessoas, o DJ conta que já tiveram muitos colegas de trabalho tentando puxar seu tapete. “É muito difícil lidar com o fato de que as pessoas que trabalham com você, são as mesmas que tentam te puxar para baixo. Lembro que assim que comecei a tocar, um colega de trabalho inventou para um produtor que eu tocava com set pronto a fim de descredibilizar a qualidade do meu trabalho”. Esse episódio serviu como um aprendizado e concluiu que independentemente “se você está começando ou não, sempre haverá críticas incoerentes sobre o seu trabalho. Você pode ser um David Guetta da vida que vão te criticar, mas a melhor resposta para isso é sua dedicação e o consequente sucesso advindo dela”.

 O DJ, que otimizou esse tempo sem eventos para poder investir ainda mais em estudos, novas técnicas e tracks boas, afirma que é muito cedo para contar suas novidades, mas nos adiantou que ainda o veremos muito pelos palcos do Brasil e de outros países também “eu estou muito ansioso para que isso passe logo, não vejo a hora de estar em cima do palco e sentir aquela energia maravilhosa que o público transmite”.

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe uma resposta

Para Você

Posts Relacionados

LANÇAMENTO | Lari Hi: produtora, DJ e, agora, label boss

Conheça a Hi Music, gravadora que estreia o catálogo de lançamentos com “Hallucination” Lari Hi tem no alfabeto uma letra especial e que inicia uma palavra que tem feito parte recorrente do seu vocabulário: história. A DJ e produtora de

LANÇAMENTO | Por trás de um vocal chiclete, tem sempre uma boa história: The Otherz e Pump Gorilla lançam “Bonfire Night”

Foi aqui que pediram uma track pra curtir, dançar e cantarolar por aí? Algumas tracks têm um diferencial importante que é a facilidade de a melodia permanecer na sua cabeça e fazer seu corpo se mexer; o vocal que, quando

LANÇAMENTO | Siamese lança “Overdose Sessions”

Siamese acaba de lançar o projeto visual “Overdose Sessions”, uma nova versão do EP lançado em 2019. Ouça e baixe aqui: Overdose Sessions Assim como o EP original, o projeto visual conta com cinco canções, sendo elas “Iguais”, parceria com

LANÇAMENTO | Eloy demonstra maestria em seu mais novo EP “Freedom” pela HeadBox Records

O DJ e produtor musical Eloy, presente na cena eletrônica desde 2015, está no auge de sua carreira musical e lança o EP “Freedom”, pela Headbox Records, que vem repleto de produções impecáveis, trazendo a identidade musical do DJ que

COLUNA | EU QUERO FESTIVAL

A vivência singular nos festivais de Psytrance Falar de festival de Psytrance é como falar sobre estar em casa, à vontade com os meus amigos, ouvindo as nossas playlists favoritas, hahahahahahah… É REAL! Conheci a cena no ano 2000, frequentando

%d blogueiros gostam disto: