NOVIDADE | Conheça agora a Colors DJ Magazine

E de um momento extremamente complicado para o cenário dos eventos, eis que surge um novo projeto: a Colors DJ Magazine.

Foi na 1ª semana de quarentena da cidade de São Paulo (SP) que a Colors DJ começou a tomar uma forma, quando eu, Diego Aganetti, decidi a criar, junto com Sandro Arnaldo, uma revista voltada para as festas que têm uma quantidade relevante de público da comunidade LGBTQIA+. Festas estas que até então não tinham tanto espaço de VOZ, e que além disso, também não são tão valorizadas por vários fatores.

Desde então, resolvemos fazer algumas lives de bate-papo pelo Instagram para conhecer melhor os cenários que iríamos trabalhar. Foi aí que surgiram as lives do #IssoPodeMudar, que eu mesmo levei por alguns meses com um dos cenários que tínhamos mais familiaridade, o Tribal House, por frequentarmos mais e até mesmo pela abertura que ganhei durante um ano de trabalho a frente da comunidade LGBTQIA+ dentro da revista internacional DJane Mag Brazil (voltada para as DJs mulheres).

Logo pensamos em começar a montar a equipe desse projeto para aumentar o alcance da ajuda que iríamos propor a esses cenários, convidando dois amigos para fazer a mesma Live, Rodrigo Izaú (Pop) e André Alexie (Underground). E daí as equipes foram surgindo, a empresa tomando mais forma e hoje, pouco mais de seis meses, temos 30 nomes que decidiram se unir para mudar a realidade desses três cenários.

A Colors DJ Magazine veio para mostrar os belos exemplos de profissionais e eventos que rolam nesses cenários com a criação de 7 seções: POP, TRIBAL, UNDERGROUND, HISTÓRIA, PROFISSÃO, I. D. (IDENTIDADE) e VOZES.

As três primeiras são as seções do POP, do TRIBAL e do UNDERGROUND, que são representações de públicos completamente distintos, mas que têm em comum a diversidade e a representatividade da comunidade LGBTQIA+ com mais liberdade de expressão. Dentro delas, vocês encontrarão o verdadeiro significado da marca Colors DJ às várias vertentes do som eletrônico e aos diversos gêneros musicais dentro do cenário pop mais comercial, o verdadeiro significado das cores que a própria música traz, pois a música é colorida — o que sempre comento ligando este projeto com o novo álbum da Lady Gaga (Chromatica) — pois cada nota musical emite frequências energéticas que geram uma determinada cor. E é essa diversidade de cores que vamos levar até vocês!

Pensando em realmente mudar a realidade desses 3 cenários, com o resultado das lives do #IssoPodeMudar, criamos as outras 4 seções que chamamos de essenciais para que a mudança realmente pudesse acontecer: HISTÓRIA, PROFISSÃO, I. D. e VOZES.

Na seção HISTÓRIA vamos fazer o resgate da importância dos ÍCONES desses cenários. Vamos homenagear as Drags, os clubs, os DJs que já fizeram e os que ainda fazem a diferença sendo parte importante deste projeto que realmente quer fazer uma revolução nestas cenas.

A próxima seção essencial é a PROFISSÃO. Será dessa seção que a Colors DJ acredita que irá surgir os principais debates e as pautas mais importantes para toda essa mudança. É nela que falaremos de profissionalismo através das matérias, entrevistas, opiniões e principalmente dos diversos colunistas de áreas extremamente importantes, como: Direito (advogados), Saúde (psicólogos e terapeuta), Agências, Relações Públicas e Artistas. Além de apresentarmos todas as NOVIDADES voltadas para os profissionais destes setores.

I.D. é o nome da seção dedicada às pautas sobre identidade musical e visual dos artistas desses cenários. Também renderá muitos debates sobre esse tema que é um dos mais comentados pelos DJs Profissionais que já entrevistamos e nas pesquisas que fizemos durante esses sete meses de criação da Colors DJ. É a seção onde teremos todos os LANÇAMENTOS musicais, videoclipes, aftermovie, e o resgate de um dos elementos de revista impressa que vamos apresentar a vocês, o editorial de fotos, em parcerias com fotógrafos brasileiros. Aqui a ideia de DJ como artista será pautada com o parecer de uma equipe formada apenas por DJs produtores musicais e pelos fotógrafos.

Pra finalizar apresentamos a última da lista, a seção VOZES. Aqui é a seção dedicada às VOZES QUE FALAM POR NÓS, as personalidades, os profissionais e grandes influenciadores que usam sua voz, sua audiência, sua autoridade para levar mensagens importantes não só para a comunidade LGBTQIA+, mas para qualquer ser humano. A seção mais ampla de todas!

Isso é um pouco do que a Colors DJ vai trazer para vocês. Vamos desconstruir muitos tabus! Vamos estourar, dissolver várias bolhas como por exemplo: “Faz sentido ficar dividindo — em pleno 2020 — música de gay (LGBTQIA+) e música de hetero?”; “Essa divisão é mesmo só por puro preconceito?”; “Existe respeito as diferenças dentro da própria comunidade LGBTQIA+? ”; “Ser DJ Profissional é algo que a maioria realmente sabe o que significa?”; “Existe diferença entre inspiração e cópia?”. Essas serão sempre pautas dentre as sete seções que eu pude apresentar neste primeiro texto de NOVIDADE dessa seção PROFISSÃO.

Queremos dar VOZ a todos, desde o DJ que está no seu início de carreira (REVELAÇÃO), quanto aquele que vem por anos (ÍCONES) insistindo nestes cenários por amor a música, por amor a forma que ele escolheu expressar seus sentimentos.

Vamos dar VOZ aos profissionais que trabalham direta ou indiretamente para esses cenários (COLUNISTAS). Vamos dar VOZ aos profissionais que merecem DESTAQUE por muitas das vezes não terem tanto espaço ou por estarem fora do “eixo RIO-SP”( por exemplo), mas que nós mostraremos o valor deles para todos os leitores deste projeto, como foco de realmente querermos mostrar as CORES (diferenças) do nosso país.

E pra finalizar, nós queremos dizer que o público, os próprios leitores da revista também terão VOZ dentro da Colors DJ, com opiniões enviadas por vocês e publicadas nas redes sociais, em nosso site e na versão em PDF de cada edição, pois teremos uma versão de revista em PDF com as capas especiais de cada mês.

Eu e o Sandro só temos a agradecer por todos os 30 nomes da equipe e os mais de 20 colunistas que abraçaram este projeto e fizeram assim a construção não só dele, mas principalmente a construção do símbolo de UNIÃO que esses eventos precisam se apegar para mudarmos JUNTOS a realidade de todos, todas, todes que amam a música colorida que a Colors DJ trará para vocês. Sem vocês nada disso estaria acontecendo dessa forma tão linda e inspiradora que ficará marcada na história de vida de todes nós! Muito obrigado!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: